HomeBebêsMitos e verdades sobre a água no ouvido dos bebês
ouvido do bebê

Mitos e verdades sobre a água no ouvido dos bebês

A água no ouvido dos bebês e crianças é um problema que assusta muitas mamães de primeira viagem. Seja no banho, na piscina ou na praia, todo cuidado é pouco para evitar uma infecção no ouvido dos pequenos. Mas até que ponto precisamos nos preocupar com a saúde dos ouvidos de nossos filhos e filhas? Há muitos mitos e verdades sobre a água ser uma vilã na hora do banho, por exemplo. No entanto, especialistas afirmam que o risco de um bebê com menos de um ano de idade contrair uma infecção no ouvido é muito pequeno.

É claro que o medo pode se tornar real, porém a água no ouvido do bebê é algo muito simples de se resolver. Ressaltamos que caso haja anormalidades é imprescindível consultar um médico de confiança.

Confira os mitos e verdades sobre a infecção auricular em bebês:

Segundo o otorrinolaringologista da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF) Marcelo de Toledo Piza, a otite média é muito menos comum em bebês abaixo de 1 ano. É mais frequente em crianças acima dessa idade, que já frequentam creches, pois são causadas por viroses. “A otite externa, causada pelo acúmulo de água no canal auditivo, é mais comum em crianças que vão à praia, brincam na água da piscina”, complementa.

Cuidados

Caso a água realmente entre no ouvido do bebê, fique longe das hastes flexíveis, os famosos “cotonetes”! Basta limpar a região com a pontinha de uma toalha macia e virar a cabeça da criança de lado para escorrer. Faça esse processo depois de todo banho. O algodão não deve ser utilizado, pois ele tira a cera, que tem efeito bactericida e protege contra bactérias, vírus e fungos. Empurrar com uma haste flexível só fará mal, segundo os médicos.

Thalassoterapia

A enfermeira francesa Sonia Rochel ficou conhecida na internet por conta de um vídeo em que banha um recém-nascido. A técnica é chamada de thalassoterapia, e é profundamente relaxante até mesmo de assistir! Confira o vídeo:

Apesar do vídeo ser super gostoso de assistir, a enfermeira foi criticada pelos internautas por “não estar protegendo os ouvidos do bebê”. Sonia garante que não há riscos de infecção com a thalassoterapia, e a água ajuda, inclusive, a amolecer a cera no ouvido do bebê. Mesmo assim, ela protege o ouvido do recém-nascido. “Permita-me lembrar que seu bebê passou nove meses num ambiente líquido. A orelha de seu bebê está mais familiriarizada com esse ambiente do que você pensa”, afirma ela.

Leia Mais:

Dermatite atópica: saiba os cuidados com a pele do bebê

Cuidados durante a viagem com seu bebê

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Teste Positivo é um blog com conteúdo voltado para gestantes e mamães. O blog é uma forma de batermos um papo sobre maternidade, bebês, saúde, bem-estar, decoração, moda e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@testepositivo.com.br

Sem comentários

Deixe um comentário