HomeBebêsCuidar de si é fundamental na maternidade
cuidar de si

Cuidar de si é fundamental na maternidade

Mamães, sabemos que quando o bebê nasce nada é tão mágico como todos pensam. Cuidar de si mesma acaba sendo fundamental neste momento tão delicado e especial. Aquelas cenas maravilhosas e cheias de momentos mágicos de filmes e comerciais de sabonete simplesmente não existem. Estamos completamente cientes da carga emocional e física que gira em torno da maternidade. Frustração é justamente a palavra de ordem que ninguém nunca te contou que existiria até o bebê nascer e você descobrir sozinha.

As mamães de primeira viagem são as que mais sofrem. Tudo é novidade, não se sabe direito como funcionam as coisas. O bebê ainda não sabe se expressar e só chora. É um sentimento desesperador você ter que adivinhar, sim você tem que adivinhar o que ele quer, essa história de que o choro do bebê é diferente, de acordo com sua necessidade, só vai tomando forma de verdade conforme ele vai crescendo, e mesmo assim é extremamente difícil decifrar o choro do pequeno, apenas com o tempo, a prática, e muita paciência, você acaba deduzindo, na tentativa e erro, com mais rapidez as necessidades do seu filho.

Ah, e é claro que você não tem apenas isso para fazer. Além de ser a única responsável pelo pequeno ser que gerou, ainda precisa limpar, alimentar, dar banho, colocar para arrotar, brincar, estimular e prestar atenção em cada fase do seu desenvolvimento. E se, por acaso, esquecer com quantos meses o bebê levantou a cabeça pela primeira vez, não se torture psicologicamente para o resto da vida, este pequeno detalhe não vai causar danos irreparáveis no seu bebê.

Você também tem que dar conta, não apenas do pequeno, mas também da casa, do trabalho, do marido, das contas, das compras no supermercado, da farmácia, dos aniversários, enfim, você é uma agenda ambulante que precisa garantir o bem-estar de tudo e de todos 24 horas por dia. Reservar um tempo para cuidar de si é extremamente importante para que você consiga dar conta de todos esses afazeres, pois eles não param e esperam você cuidar do bebê.

Portanto, calma! Você não está sozinha! Até mesmo as mamães mais experientes passam por toda esta turbulência e precisam de um tempo para cuidar de si também. É extremamente importante que você esteja bem consigo mesma e com o resto do mundo. Estar descansada é fundamental para conseguir manter a sanidade mental e aproveitar as coisas boas que a maternidade oferece.

A enfermeira, colaboradora do Alô Mamãe, Marilene Pereira de Oliveira dá dicas valiosas para ajudar no seu bem-estar físico e psicológico.

cuidar de si

Embora ninguém tenha avisado, a maternidade não é feita apenas de momentos mágicos como vemos na TV. 

Confira dicas para ajudar a cuidar de si

  • Delegue atividades para outras pessoas. Não pense que você é a mulher maravilha! Super heróis, que fazem tudo sozinhos, existem somente na ficção. Na vida real, as pessoas precisam da ajuda de umas das outras, pois ninguém é autossuficiente. Crie a consciência de que você não está só, e que você precisa de ajuda sim! Ninguém jamais fará as coisas como você, mas pense bem, nem você está fazendo tudo como antigamente. Faxina, compras no supermercado, levar ou buscar o bebê na creche, várias coisas podem ser feitas por outras pessoas, como marido, sogros, seus pais, ou até mesmo considere contratar outras pessoas para ajudá-la nas atividades do dia a dia.
  • Planeje todos os seus dias. Se preciso, utilize uma agenda, anote tudo o que você precisa fazer, pagamento de contas, aniversários, marcação de consultas, folgas da empregada, enfim, ordene tudo de acordo com as prioridades. Estabeleça datas e horários para a realização das atividades, e cumpra direitinho tudo que foi estabelecido! Você ficará mais feliz e animada em ver tudo o que conseguiu fazer.
  • Converse com seu parceiro (a) sobre tudo que está sentindo, seus medos e anseios. Procure-o sempre que precisar.
  • Retome antigos projetos, e divida-os em grupos para facilitar. Por exemplo: projetos familiares, pessoais, profissionais, culturais, etc..
  • Não desanime! Esta é a dica mais importante de todas. Com certeza você vai cair, e não precisa ficar com vergonha, pois a vida é feita de altos e baixos, cabe a você decidir se vai levantar a cada tombo, e como vai fazer isso. O cansaço, o sentimento de culpa e o sentimento de impotência desanimam qualquer um. Se precisar chorar, chore! Libere todo seu sentimento de tristeza e frustração. Persista! Jamais desista!
  • Tenha uma vida social, saia para ver pessoas diferentes, converse com pessoas que não têm filhos. Mude os ares, mude o assunto, sem culpa, vai te fazer muito bem!
  • Reserve 30 minutinhos do seu dia para você! Faça qualquer coisa, lave o cabelo, pinte as unhas, leia um livro, ouça uma música, assista algo na TV, ou simplesmente durma. É extremamente importante este tempo livre para você cuidar de si e ser apenas você mesma, não a mãe, a esposa, a filha, a nora, simplesmente você! Não perca sua identidade.
  • E caso você não esteja aguentando toda esta carga emocional, procure ajuda profissional. Não é vergonha assumir que precisa de ajuda. Você estará ajudando a si e todos a sua volta.
cuidar de si

Cuidar de si garante o seu bem-estar e de todos ao seu redor! Tire um um tempinho para você e alcance milagres em sua vida.

Por mais difícil que seja, concentre-se na parte boa, existem muitos momentos mágicos de verdade, basta você deixar-se encontrá-los. E seguindo estas simples dicas, com certeza, você será uma mulher e uma mãe mais feliz e realizada.

 

Leia mais:

– Aplicativo promete descobrir a causa do choro do bebê

– Acabou a licença maternidade, e agora?

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Teste Positivo é um blog com conteúdo voltado para gestantes e mamães. O blog é uma forma de batermos um papo sobre maternidade, bebês, saúde, bem-estar, decoração, moda e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@testepositivo.com.br

Sem comentários

Deixe um comentário