HomeBebêsGelatina faz bem ou faz mal? Saiba mais
gelatina faz bem ou faz mal

Gelatina faz bem ou faz mal? Saiba mais

A gelatina é um alimento ultraprocessado, isso significa que ela é super artificial, e os ingredientes de base para fazê-la não são o que nós pensamos. Para fazer a gelatina e a geleia de mocotó utilizam-se ossos, peles e tendões de bois e porcos. Essas partes são trituradas e tratadas com produtos químicos muito fortes com a finalidade de liberar as proteínas de colágeno.  Depois desse tratamento, essa mistura é fervida e nesse processo de fervura o colágeno é liberado e parcialmente quebrado resultando em gelatina. Essa substância passa por mais um processo industrial resultando em um pó incolor. A este pó são adicionados corantes, saborizantes e uma grande quantidade de açúcar.

Meu filho come gelatina! E Agora?

Se você pensou que estava fazendo certo dando gelatina para seu filho, se enganou! Os benefícios do colágeno, que supostamente está presente na composição, não são tão grandes quando comparamos com o malefício que a gelatina causa à saúde, em especial dos bebês abaixo de um ano de idade. Segundo Clarisse Corbelini, que é nutricionista clínica funcional e colaboradora do Alô Mamãe, as gelatinas industrializadas não são aconselhadas, nem as diets (dietéticas), que são adoçadas artificialmente. “Já está mais do que provado que os adoçantes geram respostas intestinais que contribuem para o aumento do tecido adiposo”, afirma a nutricionista.

gelatina faz bem ou faz mal

A maioria dos ingredientes da gelatina é artificial, por isso ela pode fazer muito mal à saúde das crianças.

Os corantes e flavorizantes utilizados para dar cor e sabor às gelatinas, são considerados substâncias tóxicas. “Quando entram em nosso corpo deverão passar por um longo processo realizado pelo fígado para serem biotransformados e eliminados.”, explica Clarisse. Segundo ela, quando o fígado não dá conta de metabolizar as substâncias tóxicas da gelatina, elas se alojam no tecido adiposo, a gordura do corpo, e acabam contribuindo para sérias consequências no fígado e para o corpo humano, como, por exemplo, o desenvolvimento da obesidade.

Agora, se o seu filho realmente gosta muito de gelatina e você não pode tirar a sobremesa dele, a nutricionista dá uma dica: “A natureza é muito sábia e nos deu de presente uma opção de gelatina vegetal que é o AGAR AGAR”.

Ela conta que o AGAR AGAR é um polissacarídeo obtido de algas com propriedades gelificantes e é rico em fibras, ou seja, ajuda no funcionamento do intestino.

Para preparar uma gelatina usando esse ingrediente, junte o AGAR AGAR e um suco de uva ou maçã integral, natural, sem adição de açúcares e conservantes e estará tudo pronto para fazer a alegria da criançada! Assim é fácil ser feliz e saudável!

Leia Mais:

Embutidos podem ser prejudiciais para saúde dos bebês

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Teste Positivo é um blog com conteúdo voltado para gestantes e mamães. O blog é uma forma de batermos um papo sobre maternidade, bebês, saúde, bem-estar, decoração, moda e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@testepositivo.com.br

Sem comentários

Deixe um comentário