HomeTentantesGravidez psicológica exige tratamento e compreensão
Mulheres com gravidez psicológica podem ter todos os sintomas da gestação

Gravidez psicológica exige tratamento e compreensão

Todos os sinais estão presentes: enjoos, aumento dos seios, sonolência, aumento do volume abdominal, interrupção da menstruação. É muito difícil para alguém sem exames médicos  em mãos dizer que se trata de uma gravidez psicológica diante de tantos sintomas, mas ela existe. Síndrome rara que afeta apenas 0,005% das mulheres com sintomas de gestação, a gravidez psicológica ou pseudociese impressiona pelas transformações físicas que causam na mulher. Algumas chegam a produzir leite, sentir os movimentos fetais e entrar em trabalho de parto.

Mulheres com gravidez psicológica podem ter todos os sintomas da gestação

Mulheres com gravidez psicológica podem ter todos os sintomas da gestação

 

Muitas são as causas que podem levar a uma gravidez psicológica. Entre elas, o desejo profundo ou um medo aterrorizante da maternidade; a pressão social para que se tenha um filho, solidão, depressão, baixa autoestima, ocorrência recente de abortos espontâneos. Felizmente, os registros de gravidez psicológica vêm caindo muito, já que a mulher hoje assume outro papel na sociedade. Essa é uma síndrome conhecida há vários séculos e sua incidência foi maior no passado, quando seu único papel social era ser mãe. Além disso, os avanços tecnológicos permitem que muitas mulheres com problemas de fertilidade consigam engravidar, diminuindo os casos de mulheres inférteis que não conseguem ter filhos.

A pseudociese parece ocorrer devido a estímulos do sistema neuroendócrino provocados por fatores psicológicos. Casos de estresse, ansiedade e/ou intensa pressão social/familiar poderiam agir sobre eixo hipotálamo-hipófise-ovário, desregulando a produção hormonal, o que levaria a sintomas semelhantes aos da gravidez, como ausência de menstruação, enjoos e aumento dos seios. Vale ressaltar que uma mulher com gravidez psicológica não está fingindo: ela realmente acredita estar grávida e por isso precisa de ajuda, não de julgamentos.

 

Tratamento da gravidez psicológica

Não há uma fórmula definida para tratar um transtorno psicológico como esse, e nem sempre é fácil convencer a mulher que sente todos os sintomas de que ela não está realmente grávida Muitas vezes, a pseudociese é a válvula de escape que o cérebro encontrou para lidar com as adversidades psicológicas.

Tratamento do trsntorno exige paciência

Tratamento do transtorno exige paciência

 

O físico consiste em barrar os sintomas, ministrando medicamentos que regulem a menstruação e produção hormonal. Mas é imprescindível o acompanhamento psiquiátrico. A duração do tratamento depende da compreensão e da colaboração da mulher e dos familiares, mas pode demorar meses para que o problema seja totalmente superado. É importante lembrar que parte essencial do tratamento é o apoio de amigos e familiares, que ajudam a criar um ambiente seguro no qual a mulher sente-se amada mesmo sem ter um bebê. Sessões de psicologia também podem úteis para ajudar a enfrentar esta situação.

 

Leia mais:

– Gravidez psicológica é assunto sério!

– Não deixe as tentativas frustradas de gravidez abalarem você!

 

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Teste Positivo é um blog com conteúdo voltado para gestantes e mamães. O blog é uma forma de batermos um papo sobre maternidade, bebês, saúde, bem-estar, decoração, moda e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@testepositivo.com.br

Sem comentários

Deixe um comentário