HomeGravidez5 razões para fazer o parto normal
parto-normal-videos

5 razões para fazer o parto normal

A escolha do parto para o bebê nascer, é uma das maiores duvidas para as mamães durante a gestação. São seis tipos de parto e cada um com sua característica, entre eles: parto normal, cesárea, natural, humanizado, na água, fórceps e cócoras. O momento de ter o bebê é extremamente importante na vida da mãe, portanto, pesquise, estude e tire todas as dúvidas para que possa fazer a melhor escolha.parto-normal-videos

O parto normal é a forma de parto mais conhecida, mas não a mais feita, em que o bebê passa pelo canal vaginal para chegar ao colo da mamãe. Pode ser realizado em diversas posições, com anestesia ou não e garante diversos benefícios tanto para o recém-nascido quanto para a mamãe.

É interessante que sempre converse com seu obstetra sobre suas vontades e saiba a real possibilidade de fazer um parto normal. Existem momentos em que não é possível por alguns motivos, como: sofrimento fetal, bebê transverso, diabetes gestacional e pressão alta, assim precisará optar pela cesárea.

Nessa matéria, mostraremos as 5 razões para fazer o parto normal, lembrando que, esse tipo de parto é diferente do parto natural, pois o natural recusa qualquer intervenção médica (a não ser que seja necessária).

  1. Na hora que o bebê nasce, ele pode ser imediatamente colocado em cima da mãe, o que cria um laço sentimental bem maior, e após estar vestido e limpinho, o bebê pode permanecer todo o tempo junto da mamãe (caso ambos estiverem saudáveis).
  2. Amamente mais rápido: De acordo com alguns especialistas, durante o trabalho de parto, o organismo da mulher libera hormônios que facilitam acelerar a descida do leite.
  3. Baixo risco de infecção materna: Como não é um procedimento cirúrgico, o risco de infecção diminui.
  4. Recuperação imediata após efeito da anestesia: o parto normal traz melhor recuperação da mulher, a paciente pode se movimentar durante todo o trabalho de parto e volta a caminhar mais rápido do que depois de uma cesárea. Por exemplo, a perda de sangue é menor que no parto cesárea, já que não é preciso realizar cortes grandes e profundos.
  5. Menos risco de morte: De acordo com o Ministério da saúde, que acompanhou as mamães na hora do parto entre 2000 e 2011, o risco de morte materna de quem realiza a cesárea é cerca de 3,5 vezes maior que as mamães que optam por parto normal.

Além dessas razões, veja um vídeo da Grão de Gente, com o obstetra  Braulio Zorzella sobre algumas dicas:

 

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Teste Positivo é um blog com conteúdo voltado para gestantes e mamães. O blog é uma forma de batermos um papo sobre maternidade, bebês, saúde, bem-estar, decoração, moda e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@testepositivo.com.br

Sem comentários

Deixe um comentário