HomeGravidezA importância de comer ômega 3 durante a gravidez
ômega 3

A importância de comer ômega 3 durante a gravidez

A nutrição com todos os alimentos necessários (veja aqui!) são essenciais para garantir uma gravidez saudável para a mamãe e o bebê. Uma pesquisa realizada no Centro Médico da Universidade do Kansas, nos Estados Unidos, revelou que existem alguns alimentos que precisam ser consumidos, como o ômega 3, pois possui alguns ácidos graxos, um tipo de gordura insaturada, que pode ajudar mulheres a terem bebês mais fortes e a reduzir o nível de partos prematuros. O estudo foi divulgado este ano na publicação científica The American Journal of Clinical Nutrition.

O consumo de ômega 3 por grávidas é um consenso para a ABRAN (Associação Brasileira de Nutrologia), já que a gordura presente no ácido ajuda no desenvolvimento do bebê e o DHA (um tipo de ômega 3) traz bem estar para a mãe.  De acordo com a nutricionista, do Alô Mamãe, Dra. Clarisse Corbelini os ácidos são considerados essenciais. “Os ácidos do ômega 3 não são produzidos pelo organismo, devendo ser obtidos através da alimentação ou suplementação”.

gravida-comendo-620x413

A nutricionista ressalta que o DHA pode ser considerado o mais importante ácido graxo essencial do ômega 3 e deve estar presente em altas doses na rotina alimentar da gestante. “Além de ser muito importante, o DHA é uma das principais gorduras que participam da estrutura da retina do olho, promove também aumento da imunidade do feto, melhora a saúde gestacional e no momento do parto, prevenindo depressão perinatal”.

Aproximadamente 60% da composição do cérebro humano é gordura, sendo um componente fundamental da membrana celular do cérebro e da bainha de mielina, que envolve cada nervo presente nesse órgão tão importante e responsável pela coordenação de todas as funções do corpo humano.

Ômega 3 durante os trimestres da gravidez

 De acordo com a Nutricionista Clarisse, do Alô Mamãe, durante o 2º trimestre e, principalmente, 3º trimestre gestacional é quando acontece o maior desenvolvimento da estrutura cerebral do bebê. “A gestação e amamentação é a melhor época para ingerir o ômega 3, pois isso irá refletir de maneira positiva por toda a vida do bebê”.

Dicas para ingerir ômega 3:

– Peixes de águas profundas e geladas como a sardinha, o arenque, o atum e o salmão. Dica: Devido à contaminação dos mares por toxinas como o mercúrio, deve-se optar por peixes de menor porte e de vida mais curta.

– Caso tenha alguma dificuldade na ingestão, pode-se optar pela suplementação de ômega 3, observando se o produto escolhido apresenta certificação de pureza e sempre orientado por seu nutricionista ou obstetra que poderá adequar a dose de acordo com as suas necessidades.

 

 

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Teste Positivo é um blog com conteúdo voltado para gestantes e mamães. O blog é uma forma de batermos um papo sobre maternidade, bebês, saúde, bem-estar, decoração, moda e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@testepositivo.com.br

Sem comentários

Deixe um comentário