HomeGravidezIncompetência Istmo Cervical: quais seus sintomas e como tratar?
Incompetência Istmo Cervical

Incompetência Istmo Cervical: quais seus sintomas e como tratar?

O encurtamento do canal cervical ou a fraqueza do colo do útero são algumas das definições da Incompetência Istmo Cervical. Essa condição atinge cerca de 10% das mulheres em gestação. Caso esse problema não seja tratado, pode resultar em aborto espontâneo ou até mesmo parto prematuro.

Veja todos os detalhes nessa matéria completa!

Incompetência Istmo Cervical

Quais são os sintomas da Incompetência Istmo Cervical?

Em muitos casos, a identificação de sintomas é devido, tornando a incompetência istmo cervical praticamente assintomática. Isso ocorre porque as paredes do colo do útero afinam e expandem lentamente, sem sangramento. Em alguns casos os sintomas abaixo podem ocorrer:

  • Dor nas costas
  • Dor ao urinar
  • Pressão no baixo ventre
  • Corrimento vaginal com aparência de muco
  • Saída de fluido quente da vagina
  • Sentir algo saliente na vagina

Por que algumas mulheres sofrem com esse problema?

Qualquer mulher pode ter Incompetência Istmo Cervical. No entanto, alguns fatores de risco contribuem para o aparecimento dessa condição durante a gravidez.

Situações como a realização de cirurgias uterinas, exposição a substância como dietilestilbestrol, danos causados por complicações em um parto e problemas causados por curetagem ou dilatação podem favorecer o surgimento da insuficiência no colo do útero.

SOP

Qual o tratamento mais adequado?

A Incompetência Istmo Cervical só é tratada se comprometer a gravidez. Nesse caso, o procedimento para tratá-la será a cerclagem. É uma técnica simples e rápida que é realizada por via vaginal e requer anestesia local. É aplicada uma sutura ao redor do colo do útero para evitar que ele se dilate.

Tipos de Cerclagem

Profilática ou eletiva

Se uma mulher tem um histórico de várias perdas gestacionais ou nascimentos prematuros, essa pode ser a técnica escolhida pelo médico.

Terapêutica ou secundária

A gestante é submetida a um tratamento com progesterona, além de ser realizado os controles de comprimento cervical são através de ultrassonografia.

De emergência

Acontece quando é identificado membranas amnióticas visíveis através do colo do útero dilatado. Só é retirado na semana 37 ou 38 da gestação.

Quer saber mais sobre gravidez e o mundo das tentantes?
Não perca nossas postagens seguindo todas as redes sociais!

FacebookInstagram (@blogtestepositivo) e Pinterest.

Leia mais:

Colar de âmbar para dentição: entenda os riscos

Thaeme e Thiago lançam novo clipe inspirado em história real

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Teste Positivo é um blog com conteúdo voltado para gestantes e mamães. O blog é uma forma de batermos um papo sobre maternidade, bebês, saúde, bem-estar, decoração, moda e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@testepositivo.com.br

Sem comentários

Deixe um comentário