HomeGravidezPerguntas para a nutricionista após o parto
mae-recente-comendo-maca-613x330

Perguntas para a nutricionista após o parto

O período pós-parto é um momento novo para a mulher, e assim como ele, as dúvidas também são frequentes, muitas vezes com a própria alimentação, tanto para o corpo da mãe quanto para não interferir na amamentação do bebê. Como saber se o que a mãe ingerir pode prejudicar o bebê, ainda mais se a mãe estiver preocupada em retornar à forma física anterior a gravidez?

alimentação após parto

Para isso, uma alimentação rica em nutrientes e balanceada é fundamental para não influenciar na amamentação do bebê.  Muitas mamães marcam consultas com os nutricionistas após o parto para saber como deve ser a alimentação e querendo algumas mudanças no corpo. “Quero perder peso”, “o que posso comer?”, “o que não posso comer”, são perguntas frequentes na primeira consulta com a profissional.

A nutricionista Clarisse Corbelini, do Alô Mamãe, explicará abaixo algumas das perguntas mais frequentes, quando as mamães chegam após o parto. Assim, você conseguirá tirar algumas dúvidas:

Quais alimentos não devem ser ingeridos enquanto estou amamentando?

Ela responde que não existe uma comprovação cientifica de que alguns alimentos possam aumentar as cólicas do bebê, mas sabe-se que alguns alimentos podem mudar o gosto do leite. “O uso de bebidas alcoólicas está contraindicada. E os alimentos com cafeína precisam ser ingeridos em quantidade menor, pois podem deixar o bebê mais ‘agitado’.

Quero perder peso. Como faço?

É uma das perguntas mais frequentes, por ser um dos maiores desejos das mamães. Mas garantimos que é possível perder peso de forma saudável e sem prejudicar a amamentação do seu bebê. A doutora Clarisse, do Alô Mamãe, comenta que a perda de peso após o parto acontece naturalmente devido às adaptações do corpo. “Durante a gestação nosso corpo armazena em torno de 3KG de gordura como reserva de energia para amamentação, que é um período no qual ocorre o maior gasto calórico. Por isso se diz que amamentar emagrece, e emagrece mesmo”.

O emagrecimento pode ser favorecido quando associado a uma atividade física, após a liberação do seu médico, e orientada por profissionais. Apesar de ser um período mais favorável para emagrecer, é muito comum sentir mais fome nesse período. Cuidado apenas para não ingerir alimentos com baixo valor nutricional.

Estou com muita fome!

Nesse período é muito comum sentir fome, afinal, você está gastando muita energia amamentando seu pequeno. O corpo necessita de mais energia para a produção de leite e para amamentação. “É importante priorizar alimentos mais naturais e orgânicos evitando produtos industrializados, com corantes e conservantes”, afirma a nutricionista.

Dica: Não faça dietas e restrições alimentares muito severas e por conta própria. Algumas intervenções nutricionais com orientação de um nutricionista, de confiança, pode ser feita.

Leia mais sobre alimentação:

Quanto pode engordar durante a gestação?

Atenção grávidas para o perigo de comer carnes cruas

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Teste Positivo é um blog com conteúdo voltado para gestantes e mamães. O blog é uma forma de batermos um papo sobre maternidade, bebês, saúde, bem-estar, decoração, moda e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@testepositivo.com.br

Sem comentários

Deixe um comentário