HomeGravidezOs benefícios dos probióticos durante a gravidez
probióticos

Os benefícios dos probióticos durante a gravidez

Já ouviu falar que o intestino é o segundo cérebro do corpo do humano? A importância de uma microbiota intestinal saudável está relacionada não só com o sistema imune, mas também com a saúde geral física e psíquica. Os probióticos, por exemplo, são micro-organismos vivos que devem estar presentes na digestão, principalmente, durante a gravidez.

A nutricionista Clarisse Corbelini, do Alô Mamãeprobióticos , conta que os probióticos são excelentes aliados no controle do ganho de peso, auxiliam a diminuir riscos de um parto prematuro, atuam prevenindo o aparecimento do diabetes gestacional e infecções urinárias . “Ter um intestino saudável, quando grávida, é muito importante pois garante uma absorção eficaz de nutrientes, vitaminas e minerais dos alimentos e suplementos que depende de uma adequada digestão e distribuição de bactérias”, conta.

Um problema muito comum durante a gestação é a constipação, que pode ocorrer tanto por alterações hormonais, quanto pela maior retenção hídrica, tornando as fezes mais secas e dificultando a sua passagem pelo intestino. Sendo essencial uma alimentação rica em fibras, com uma boa ingestão de água e correta suplementação de probióticos.

Quais são os alimentos com probióticos? 

  • Alho Poró;
  • Chicória;
  • Cebola;
  • Aveia;
  • Grãos integrais;

De acordo com a nutricionista, o consumo de fibras auxilia também na diminuição da absorção de gorduras e carboidratos pelo intestino, melhorando os níveis de colesterol, auxiliando o controle da glicemia, a redução de peso corporal, além de fortificar o sistema imunológico e potencializando a absorção de minerais.

“Para o bebê a ingestão desses micro-organismos também é benéfica. Uma colonização bacteriana positiva auxilia em processos alérgicos e no amadurecimento do sistema imune, evitando uma gama de doenças”, explica a nutricionista.

No momento do nascimento, os bebês apresentam um intestino estéril, livre de bactérias, por isso o tipo de parto influencia diretamente no tipo de microbiota que o bebê desenvolverá. Ao passar pelo canal do parto, no parto normal, e também durante a amamentação, ocorre uma transferência das bactérias da mãe para o bebê. Sendo assim, quanto maior a variedade de bactérias benéficas a mãe possuir, mais imunidade e saúde o bebê terá.

É importante ressaltar que os suplementos de probióticos diferem em potência e ingredientes, sendo o médico ou nutricionista os profissionais habilitados para prescrever com segurança e de acordo com as necessidades de cada pessoa.

 

 

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Teste Positivo é um blog com conteúdo voltado para gestantes e mamães. O blog é uma forma de batermos um papo sobre maternidade, bebês, saúde, bem-estar, decoração, moda e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@testepositivo.com.br

Sem comentários

Deixe um comentário