HomeGravidezExercícios na gravidez: quais são os sinais de perigo?
exercícios na gravidez

Exercícios na gravidez: quais são os sinais de perigo?

É essencial falar sobre os sinais que o seu corpo dá de que é preciso reduzir a intensidade dos exercícios na gravidez, afinal a gestação é um período de muitas mudanças e requer cuidados. Além da fadiga e do peso extra, o centro de gravidade do corpo da mulher é modificado durante a evolução da gravidez. Mantenha sempre muito cuidado na hora de se exercitar, isso é importante para a segurança do bebê e também das mamães.

exercícios na gravidez

Prática de exercícios na gravidez exige cuidado

Para a prática de exercícios na gravidez, a primeira etapa é procurar o acompanhamento e a orientação de um profissional da área de educação física, além de informar ao obstetra que tipos de atividades pretende desempenhar.

Mesmo com o aval médico, é essencial observar os sinais do seu corpo, ele será responsável por alertá-lo sobre qualquer risco. Selecionamos alguns dos sintomas mais comuns durante os exercícios na gravidez.

Atenção: Caso você sinta qualquer um dos sintomas listados abaixo durante os exercícios na gravidez, é extremamente aconselhável que um médico ou uma unidade hospitalar seja procurada com urgência.

Sangramento vaginal: ao longo da gravidez podem ocorrer alguns sangramentos sutis, que também são definidos como spotting ou sangramento de escape. É necessário ressaltar a importância de consultar o médico, principalmente se ocorrer algo de anormal após a prática de exercícios na gravidez.

Visão embaçada: esse sintoma pode significar desidratação, que pode ocasionar a queda da pressão arterial. Essa diminuição é uma situação delicada, pois o fluxo sanguíneo que alimenta os órgãos vitais do bebê pode sofrer danos. A pré-eclâmpsia também pode se tratar de um sintoma ocasionado pela visão embaçada, esse quadro é considerado grave e caracterizado pela alta de pressão arterial.

Náusea: se durante os exercícios físicos na gravidez você sentir náuseas, o seu corpo pode ter produzido ácido lático em exagero. Essa substância é gerada pelo metabolismo dos músculos, que pode se acumular no estômago e gerar um mal-estar intenso.

Tontura: seja constante ou acompanhada de perturbações na visão, palpitação ou dores de cabeça, tonturas podem ser sinal de um quadro anêmico grave. Em caso de tonturas, a gestante deve procurar o auxílio médico de forma rápida.

Desmaio: independente da intensidade do exercício, um desmaio durante a gravidez é sempre motivo de preocupação. Desde uma desidratação passageira até problemas circulatórios graves. Por isso, procure um pronto-socorro.

Falta de ar: significa claramente que está havendo um excesso na intensidade do exercício na gravidez, especialmente se a falta de ar ocorrer nos momentos em que você estiver em silêncio (sem conversar com alguém) e sem transpirar. Interrompa o exercício imediatamente e aguarde o seu corpo se recuperar.

Palpitações: os médicos recomendam que a frequência cardíaca das grávidas não ultrapasse os 140 batimentos por minuto. Diminua a intensidade dos exercícios e converse com o seu médico caso perceba qualquer incômodo no peito.

exercícios na gravidez

Aumento do inchaço nas mãos, pés e tornozelos: É comum que os pés e mãos inchem um pouco após a realização de atividades físicas, mas observe se o inchaço for muito mais significativo do que o normal, pois pode se um indício de pré-eclâmpsia. De qualquer maneira, não deixe de consultar seu médico.

Dor aguda no peito ou na barriga: é necessário ficar alerta, já que esse tipo de dor pode ser um sinal de contrações ou somente de um espasmo muscular. É importante ressaltar a necessidade do acompanhamento médico já nos primeiros momentos em que surgem sintomas desse tipo.

Mudança repentina na temperatura do corpo: caso você perceba que as suas mãos estão pegajosas, com ondas de calor e calafrios, atenção! Seu organismo pode estar alertando que está com dificuldades para regular a temperatura do corpo.

A elevação da temperatura de uma gestante é um risco, já que isso elevaria a temperatura do feto também. À medida que você esquenta, o sangue que iria para o útero é desviado para a pele para tentar reduzir a temperatura do corpo, o que diminui o fluxo de oxigênio para o bebê. Em situações como essas é indispensável procurar um médico com urgência.

 

Quer saber mais sobre gravidez e o mundo das tentantes?
Não perca nossas postagens seguindo todas as redes sociais!

FacebookInstagram (@blogtestepositivo) e Pinterest.

 

Leia mais:

Atividade física ajuda engravidar mais rápido

Conheça os benefícios da atividade física para fertilidade

Excesso de peso pode causar infertilidade

Conheça a técnica Lamaze e prepare-se para o parto

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Teste Positivo é um blog com conteúdo voltado para gestantes e mamães. O blog é uma forma de batermos um papo sobre maternidade, bebês, saúde, bem-estar, decoração, moda e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@testepositivo.com.br

Sem comentários

Deixe um comentário