HomeTentantesSaiba o que é adenomiose, seus sintomas e tratamentos
adenomiose

Saiba o que é adenomiose, seus sintomas e tratamentos

Considerada um tipo da conhecida endometriose, a adenomiose é uma doença que pode provocar complicações na gravidez.

Seu tratamento varia de acordo com os sintomas e deve ser orientado por um ginecologista, que decidirá entre o acompanhamento com remédios ou a realização de cirurgia.

adenomiose

Adenomiose: saiba mais sobre a doença

A adenomiose uterina é uma doença na qual ocorre um espessamento dentro das paredes do próprio útero, provocando sintomas como dor, sangramento ou cólicas fortes, especialmente durante o período da menstruação.

Esta doença tem cura através da cirurgia para retirada do útero, porém, este tipo de tratamento só é feito quando os sintomas não conseguem ser controlados com remédios anti-inflamatórios ou hormônios, por exemplo.

Estima-se que até 20% das mulheres tenham adenomiose. Porém, a verdadeira incidência pode ser bem mais alta, pois muitas mulheres não apresentam sintomas e o diagnóstico da adenomiose só pode ser feito através de cuidadosa avaliação médica.

adenomiose

Para as mulheres que apresentam sintomas, os principais deles são:

– Inchaço da barriga;

– Cólicas muito fortes durante a menstruação;

– Dor durante a relação íntima;

– Aumento da quantidade e duração do fluxo menstrual;

– Prisão de ventre e dor ao evacuar.

A adenomiose pode afetar a gravidez?

A adenomiose pode provocar complicações graves na gravidez, como gravidez ectópica (que ocorre fora do útero) ou aborto, por exemplo, sendo recomendado o acompanhamento regular do obstetra, para que sejam evitadas essas complicações.

Além disso, em alguns casos, a adenomiose pode dificultar a fixação do embrião no útero, dificultando assim a gravidez.

Vale lembrar que ao sinal de qualquer sintoma, é fundamental procurar seu médico de confiança para exames e um diagnóstico completo.

Qual a diferença com a endometriose?

Quando falamos de adenomiose, as células que revestem o útero se desenvolvem no músculo do útero.  Já na endometriose, essas células crescem fora do útero, às vezes nos ovários e trompas de falópio.

adenomiose

Outra diferença é a faixa etária das mulheres que sofrem com essas doenças. A endometriose ocorre mais frequente em mulheres entre 30 e 40 anos, enquanto a adenomiose costuma aparecer em mulheres acima de 40 anos.

Quer saber mais sobre gravidez e o mundo das tentantes?
Não perca nossas postagens seguindo todas as redes sociais!

FacebookInstagram (@blogtestepositivo) e Pinterest.

Leia mais:

Saúde bucal das grávidas: 6 mitos e verdades sobre esse tema

Desenvolvimento do bebê: saiba quando seu pescoço fica firme

 

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Teste Positivo é um blog com conteúdo voltado para gestantes e mamães. O blog é uma forma de batermos um papo sobre maternidade, bebês, saúde, bem-estar, decoração, moda e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@testepositivo.com.br

Sem comentários

Deixe um comentário