HomeTentantesUltrassom seriada: entenda quando é necessária
ultrassom seriada

Ultrassom seriada: entenda quando é necessária

Se você está com dificuldades para engravidar, uma das primeiras medidas do médico é pedir uma ultrassom seriada. Como o nome já diz, a ultrassom seriada é uma série de 3 ou 4 exames de ultrassonografia (médico define quantidade) que tem como objetivo verificar a ovulação da mulher naquele ciclo. O exame também é conhecido como ovulograma.

Qual é a diferença entre a ultrassom seriada e um exame comum?

A ultrassom seriada é o mesmo exame que a maioria das mulheres estão acostumadas a fazer, com a diferença que é repetido de acordo com a indicação do médico. Ela pode ser pélvica ou transvaginal, sendo esse último a via mais habitual para a sua realização.

ultrassom seriada

 

Quando a ultrassom seriada é feita? O que ela analisa?

Como o exame verifica o ciclo ovulatório, o médico pode solicitar que a primeira ultrassom seja feita entre o terceiro e o quinto dia do ciclo. Nesta primeira etapa, o exame analisa a quantidade de folículos em desenvolvimento inicial nos ovários.

O médico irá analisar se a reserva ovariana é satisfatória e se os folículos do ciclo anterior regrediram de forma natural. Isso é especialmente importante pois folículos retidos podem impedir o desenvolvimento de novos.

A segunda ultrassom seriada é realizada entre o oitavo e décimo dia do ciclo menstrual da mulher. Neste exame, os médicos verificam se existe folículo dominante – aquele que libera o óvulo maduro.

Já a terceira ultrassom acontece entre o 12º e o 14º dia do ciclo. Nessa fase o endométrio é que é examinado. Ele deve possuir a espessura adequada para receber a implantação do embrião. O médico também vê se o folículo dominante – visto na última ultrassom – se desenvolveu corretamente e já tem condições de liberar o óvulo.

A quarta – e normalmente última – ultrassom seriada é realizada entre o 15º e o 18º dia. Ela determina se a ovulação aconteceu realmente, averiguando a presença do corpo lúteo (que se forma no lugar do folículo dominante).

ultrassom seriada

 

Em que casos a ultrassom seriada é indicada?

A ultrassom seriada é indicada em vários casos, para auxiliar em tratamentos de fertilidade e diagnósticos clínicos. A fertilização in vitro, a inseminação artificial e o coito programado são alguns dos tratamentos que utilizam o exame para determinar o dia da ovulação e saberem se a medicação está surtindo efeito. Em caso de suspeita de LUF (Síndrome do Folículo Não Roto), o médico também solicita o exame.

 

Quer saber mais sobre gravidez e o mundo das tentantes?
Não perca nossas postagens seguindo todas as redes sociais!

FacebookInstagram (@blogtestepositivo) e Pinterest.

 

 

Leia mais

Você sabe o que é Gestação Anembrionária?

Esclareça suas principais dúvidas sobre miomas

Infertilidade: conheça a Síndrome dos Ovários Policísticos

Endometriose: uma grande vilã da fertilidade feminina

Reprodução assistida: Inseminação ou Fertilização?

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Teste Positivo é um blog com conteúdo voltado para gestantes e mamães. O blog é uma forma de batermos um papo sobre maternidade, bebês, saúde, bem-estar, decoração, moda e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@testepositivo.com.br

Sem comentários

Deixe um comentário