HomeTentantesVitamina D é importante para quem quer engravidar
vitamina D

Vitamina D é importante para quem quer engravidar

Durante a gravidez, a vitamina D é essencial para a formação dos ossos do bebê, processo que ocorre após o primeiro trimestre. Mas um novo estudo traz uma novidade em relação ao nutriente, especialmente para quem é tentante.

A importância da vitamina D antes da concepção

A pesquisa conduzida pelo Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos analisou amostras de sangue de mais de 100 mulheres. Com idades entre 18 e 40 anos, elas eram tentantes, mas já haviam perdido um ou dois bebês.

Os especialistas descobriram que mais da metade delas estavam com níveis insuficientes de vitamina D (abaixo de 30 ng/ml). Quem estava acima desse limite, tinha 10% mais chances de engravidar e 15% menos chance de sofrer um aborto.

Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores colheram o sangue em dois momentos: uma amostra antes da concepção e outra na 8ª semana de gravidez. Mas ainda não se sabe como a vitamina D age no sistema reprodutor feminino.

vitamina D

Mas então, as tentantes devem fazer suplementação?

Não! É importante esclarecer que mesmo com esses resultados, o estudo ainda precisa ser melhor aprofundado. As mulheres que estão tentando engravidar devem fazer um acompanhamento com um médico, para pedir os níveis de vitamina D. Somente um especialista pode indicar a necessidade de suplementação e qual seria a quantidade indicada.

Esse cuidado é importante pois a vitamina D se acumula no organismo e pode ser tóxica se consumida em excesso. Então, não saia por aí comprando cápsulas antes de consultar um médico!

Benefícios na gravidez

Não é somente na pré-concepção que a vitamina D traz benefícios. Outra pesquisa sobre o nutriente aponta que a vitamina D na gravidez pode reduzir os riscos de pré-eclâmpsia, baixo peso do bebê ao nascer e parto prematuro.

Vitamina D é fundamental para a saúde

O corpo humano produz a vitamina D naturalmente a partir do colesterol, quando a pele é exposta à luz solar. Além da sua influência na fertilidade, a falta do nutriente aumenta risco de diversas doenças e infecções, além de dores musculares, nos ossos e na lombar, cansaço, depressão, queda de cabelo e demora na cicatrização.

Para a correta absorção, a exposição ao sol deve ser feita de forma moderada, sem protetor solar e em horários adequados – antes das 10h e após as 16h. Bastam 20 minutos diários para manter os níveis de vitamina D adequados.  Esse tempo é recomendado para a pele clara. Quanto mais escura a pele, maior é o tempo de exposição para facilitar a absorção. Na alimentação, sardinha, salmão, leites, ovos e iogurte são boas fontes do nutriente, além de complementos vitamínicos que devem ser receitados por um médico.

vitamina D

Fonte: Ficar Grávida

 

Quer saber mais sobre gravidez e o mundo das tentantes?
Não perca nossas postagens seguindo todas as redes sociais!

FacebookInstagram (@blogtestepositivo) e Pinterest.

 

 

Leia mais

Fertilidade masculina também pode ser afetada pela idade

Inseminação artificial: como funciona?

Fertilização in vitro: como a técnica é realizada

Histerossalpingografia: entenda como o exame é feito

Compartilhe:
Classifique este artigo

O Teste Positivo é um blog com conteúdo voltado para gestantes e mamães. O blog é uma forma de batermos um papo sobre maternidade, bebês, saúde, bem-estar, decoração, moda e muito mais! Entre em contato com a gente!

redacao@testepositivo.com.br

Sem comentários

Deixe um comentário